...

Repórter do EM entre os mais premiados do Brasil, aponta pesquisa.

 



Ranking foi elaborado pelo site Jornalistas & Cia, e jornalista Luiz Ribeiro está entre os 25 mais premiados do país


Estado de Minas


07/01/2021 19:04 - atualizado 07/01/2021 19:22

Luiz Ribeiro atribui a presença no ranking aos trabalhos impactantes dos quais tem participado


(foto: Cecilia Santana/Divulgação )


Foi divulgado o novo Ranking dos 200 Jornalistas Brasileiros mais Premiados da História, elaborado pelo site Jornalistas & Cia. O bom jornalismo do Estado de Minas e o investimento nos seus profissionais são mostrados na pesquisa com a presença do repórter Luiz Ribeiro, que está entre os 25 jornalistas mais premiados da imprensa brasileira. 


O repórter do EM aparece em 25º no ranking dos 200 mais premiados, com 605 pontos, sendo o jornalista em atuação em Minas Gerais mais bem colocado no levantamento. 


O ranking é liderado pela jornalista Eliane Brum (1.335 pontos), seguida de Mirian Leitão (1.327,5 pontos).


Desde que o estudo foi iniciado pelo site Jornalistas e & Cia, Luiz Ribeiro foi um dos profissionais que evoluíram no ranking. Na primeira edição da pesquisa, em 2012, o repórter do EM apareceu em 115º. 

 

 “Acredito que a boa colocação no ranking dos 200 jornalistas mais premiados da história é uma prova dos bons resultados alcançados, principalmente por conta da abrangência do estudo pelas dimensões do pais e a capacidade de toda imprensa brasileira”, afirma Luiz Ribeiro. 


“O crescimento ano a ano também é uma demonstração do contínuo investimento feito pelo Estado de Minas em um jornalismo de qualidade e trabalhos impactantes, mantido mesmo em períodos desafiantes, como o que vivemos atualmente, diante da pandemia do novo coronavirus”, afirma o repórter. 


Ribeiro alcançou a 25ª posição entre os jornalistas mais premiados da imprensa brasileira depois de figurar entre os vencedores de 54 prêmios de jornalismo nacionais e regionais, por trabalhos individuais e em equipe, todos com trabalhos de reportagens publicadas pelo Estado de Minas e pelo Correio Braziliense. 


Entre outros concursos importantes conquistou o Prêmio Esso (quatro), Prêmio CNH de Jornalismo, Prêmio BNB de Jornalismo, Prêmio CDL/BH e Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público. 


Ele esteve ainda entre os finalistas do Prêmio CNT de Jornalismo 2020, cujo resultado final foi anunciado no início de dezembro.


Reconhecimento nacional e internacional.



A qualidade dos trabalhos dos seus profissionais assegurou ao EM posições de destaque em outras premiações nacionais e internacionais, recentemente. 


O Estado de Minas foi o único jornal brasileiro premiado na 22ª edição do The European Newspaper Award, um dos mais respeitados do setor editorial. 


Na edição 2020, que teve resultado divulgado em 10 de dezembro, concorreram trabalhos publicados em 164 jornais de 25 países, muitos de fora da Europa. 


Também foram destacados alguns dos veículos de comunicação mais importantes do mundo, como Sunday Times e Financial Times (Reino Unido), ABC (Espanha), Expresso e Público (Portugal), e Berliner Morgenpost, Die Welt e Augsburger Allgemeine (Alemanha). 


É o terceiro ano consecutivo que o EM é premiado no concurso, que, desde 2013 passou a aceitar inscrições de veículos de fora da Europa. O Estado de Minas ganhou prêmios com cinco trabalhos: três capas e duas páginas duplas do suplemento Pensar. 


Por conta esforço de suas equipes de profissionais, o EM também foi finalista de dois importantes prêmios nacionais de jornalismo em 2020: o 27º Prêmio CNT de Jornalismo (duas indicações), promovido pela Confederação Nacional do Transporte; e o 42º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. 


As premiações contemplam trabalhos jornalísticos nos meios impresso, internet, rádio, vídeos e televisão. 


O EM foi finalista do Prêmio Vladimir Herzog (promovido pelo instituto homônimo e parceiros) na categoria Arte, com a capa da edição de 5 de maio de 2020, em homenagem ao compositor Aldir Blanc, morto na véspera. O trabalho é de autoria de Júlio Moreira, Roney Garcia, Carlos Marcelo, Renata Neves e do cartunista Quinho, sendo que esse último é também finalista do concurso na mesma categoria com outro trabalho, “O foco”, publicado pelo Correio Braziliense.


Foram indicadas como finalistas do Prêmio CNT de Jornalismo duas séries de reportagens do EM: “O transporte na pandemia: superação de riscos a favor da vida”, de autoria dos repórteres Luiz Ribeiro, Mateus Parreiras e Matheus Adler, publicada no período de 20 a 26 de julho; e “Desafio bike BH”, de autoria dos repórteres Guilherme Paranaíba Gouvea, Leandro Couri e Larissa Kümpel, publicada no período de 15 a 19 de setembro de 2019.


Fonte: ESTADO DE MINAS


A coluna social da Boneka Jaíba parabeniza ao caro colega Jornalista Luiz Ribeiro do Jornal EM.


Repost: Jornalista Sueli Teixeira 

Blog Boneka Jaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes