INÍCIO DAS OBRAS DO FÓRUM EM JAÍBA MG.

23 de Janeiro 2019.
JAÍBA ( por Sueli Teixeira) -A construção do Fórum faz parte do Plano de Obras do Tribunal com o presidente (TJMG) desembargador Nelson Missias de Morais e a previsão é de que as obras, orçadas em pouco mais de R$ 5 milhões, sejam iniciadas em janeiro de 2019 e concluídas até janeiro 2020.
Após a construção, será instalada a comarca do município, já criada pelo TJMG. Atualmente, com 38 mil habitantes, Jaíba faz parte da Comarca de Manga, situada à 70 km de sua sede.
Conforme os dados, início da obra está no prazo determinado na Administração pública do Prefeito Reginaldo Silva.
Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka JAÍBA
Conectado com à Boneka 


0 comentários:

ANIMAL MORTO NA RODOVIA MG 401 - JANAÚBA MG

23 de Janeiro de 2019.
Evite acidentes!
Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka JAÍBA
Conectado com à Boneka23 de Janeiro de 2019.
Evite acidentes!
Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka JAÍBA
Conectado com à Boneka


0 comentários:

Imagens do Eclipse Lunar 2019

Fotos: Boneka JAÍBA
Jornalista: Sueli Teixeira
Na data 21 de Janeiro 2019 aconteceu o fenômeno do Eclipse Lunar às 01:30 da madrugada desta segunda-feira, que provavelmente acontecerá novamente em 2022.
Em todo eclipse lunar total se observa a chamada "lua de sangue" – termo usado popularmente, mas não adotado tecnicamente pelos astrônomos, e que se refere ao tom avermelhado que a Lua assume quando entra na fase máxima de sombreamento. Essa mudança de cor é provocada pelos mesmos fatores que fazem o céu ser azul.
A Lua deverá assumir essa tonalidade na fase total do eclipse. Sol, Terra e Lua ficarão alinhados, e nosso planeta bloqueará a passagem dos raios solares até o satélite. A forma como a luz de cores vermelho e laranja é "desviada" ao passar pela atmosfera da Terra e reflete na Lua, criando o tom da "lua de sangue".
Blog Boneka JAÍBA
Conectado com à Boneka 




0 comentários:

HOMEM QUE AMEAÇAVA A ESPOSA COM ARMA DE FOGO FOI MORTO PELA PM EM JAÍBA.

F
onte: G1
Um homem de 36 anos foi morto pela PM depois de ameaçar a companheira com uma arma de fogo e atirar contra policiais na zona rural de Jaíba, na noite desse domingo (20). De acordo com a PM, o pai da vítima acionou os militares por duas vezes informando que o homem estaria efetuando disparos de arma de fogo na fazenda da família, que fica no Povoado Poço da Vovó. O homem teria ainda dado coronhadas na esposa e agredido a filha do casal, de quatro anos.
Na última ligação feita pelo pai da vítima, a PM foi informada de que o homem estava fazendo a mulher refém e atirando para amedrontá-la. Quando as viaturas chegaram ao local, a mulher correu por um matagal e conseguiu fugir. O homem começou a atirar contra os policiais, que revidaram; ele foi atingido com um tiro de fuzil no peito. A PM acredita que o autor não sabia que a polícia estava no local e que atirou por achar que parentes da mulher tentariam matá-lo.
A própria PM prestou socorro ao suspeito e o encaminhou ao hospital de Jaíba. O homem não resistiu aos ferimentos e chegou morto à unidade de saúde. O corpo foi encaminhado ao IML de Janaúba.
A arma calibre 38 que foi utilizada pelo homem foi apreendida. O autor já tinha passagens por homicídio e várias lesões corporais, de acordo com a polícia. A mulher e a filha do casal não precisaram ser levadas ao hospital.
Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka JAÍBA
Conectado com à Boneka 




0 comentários:

POSSE DE ARMA - GOVERNO BOLSONARO

DECRETO Nº 9.685, DE 15 DE JANEIRO DE 2019
Altera o Decreto nº 5.123, de 1º de julho de 2004, que regulamenta a Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas – SINARM e define crimes.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003,
DECRETA:
Art. 1º O Decreto nº 5.123, de 1º de julho de 2004, passa a vigorar com as seguintes alterações:
“Art. 12. ………………………………………………………………………………………… ………………………………………………………………………………………………………
VIII – na hipótese de residência habitada também por criança, adolescente ou pessoa com deficiência mental, apresentar declaração de que a sua residência possui cofre ou local seguro com tranca para armazenamento.
§ 1º Presume-se a veracidade dos fatos e das circunstâncias afirmadas na declaração de efetiva necessidade a que se refere o inciso I do caput, a qual será examinada pela Polícia Federal nos termos deste artigo.
………………………………………………………………………………………………………
§ 7º Para a aquisição de armas de fogo de uso permitido, considera-se presente a efetiva necessidade nas seguintes hipóteses:
I – agentes públicos, inclusive os inativos:
a) da área de segurança pública;
b) integrantes das carreiras da Agência Brasileira de Inteligência;
c) da administração penitenciária;
d) do sistema socioeducativo, desde que lotados nas unidades de internação a que se refere o inciso VI do caput do art. 112 da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990; e
e) envolvidos no exercício de atividades de poder de polícia administrativa ou de correição em caráter permanente;
II – militares ativos e inativos;
III – residentes em área rural;
IV – residentes em áreas urbanas com elevados índices de violência, assim consideradas aquelas localizadas em unidades federativas com índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes, no ano de 2016, conforme os dados do Atlas da Violência 2018, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública;
V – titulares ou responsáveis legais de estabelecimentos comerciais ou industriais; e
VI – colecionadores, atiradores e caçadores, devidamente registrados no Comando do Exército.
§ 8º O disposto no § 7º se aplica para a aquisição de até quatro armas de fogo de uso permitido e não exclui a caracterização da efetiva necessidade se presentes outros fatos e circunstâncias que a justifiquem, inclusive para a aquisição de armas de fogo de uso permitido em quantidade superior a esse limite, conforme legislação vigente.
§ 9º Constituem razões para o indeferimento do pedido ou para o cancelamento do registro:
I – a ausência dos requisitos a que se referem os incisos I a VII do caput; e
II – quando houver comprovação de que o requerente:
a) prestou a declaração de efetiva necessidade com afirmações falsas;
b) mantém vínculo com grupos criminosos; e
c) age como pessoa interposta de quem não preenche os requisitos a que se referem os incisos I a VII do caput.
§ 10. A inobservância do disposto no inciso VIII do caput sujeitará o interessado à pena prevista no art. 13 da Lei nº 10.826, de 2003.” (NR)
“Art. 15. …………………………………………………………………………………………
Parágrafo único. Os dados de que tratam o inciso I e a alínea “b” do inciso II do caput serão substituídos pelo número de matrícula funcional, na hipótese em que o cadastro no SIGMA ou no SINARM estiver relacionado com armas de fogo pertencentes a integrantes da Agência Brasileira de Inteligência.” (NR)
“Art. 16. …………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………
§ 2º Os requisitos de que tratam os incisos IV, V, VI e VII do caput do art. 12 deverão ser comprovados, periodicamente, a cada dez anos, junto à Polícia Federal, para fins de renovação do Certificado de Registro.
……………………………………………………………………………………………..” (NR)
“Art. 18. …………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………
§ 3º Os requisitos de que tratam os incisos IV, V, VI e VII do caput do art. 12 deverão ser comprovados, periodicamente, a cada dez anos, junto ao Comando do Exército, para fins de renovação do Certificado de Registro.
………………………………………………………………………………………………………
§ 5º Os dados de que tratam o inciso I e a alínea “b” do inciso II do § 2º serão substituídos pelo número de matrícula funcional, na hipótese em que o cadastro no SIGMA ou no SINARM estiver relacionado com armas de fogo pertencentes a integrantes da Agência Brasileira de Inteligência.” (NR)
“Art. 30. …………………………………………………………………………………………
………………………………………………………………………………………………………..
§ 4º As entidades de tiro desportivo e as empresas de instrução de tiro poderão fornecer a seus associados e clientes, desde que obtida autorização específica e obedecidas as condições e requisitos estabelecidos em ato do Comando do Exército, munição recarregada para uso exclusivo nas dependências da instituição em provas, cursos e treinamento.” (NR)
“Art. 67-C. Quaisquer cadastros constantes do SIGMA ou do SINARM, na hipótese em que estiverem relacionados com integrantes da Agência Brasileira de Inteligência, deverão possuir exclusivamente o número de matrícula funcional como dado de qualificação pessoal, incluídos os relativos à aquisição e à venda de armamento e à comunicação de extravio, furto ou roubo de arma de fogo ou seus documentos.” (NR)
Art. 2º Os Certificados de Registro de Arma de Fogo expedidos antes da data de publicação deste Decreto ficam automaticamente renovados pelo prazo a que se refere o § 2º do art. 16 do Decreto nº 5.123, de 2004.
Art. 3º Para fins do disposto no inciso V do caput do art. 6º da Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003, consideram-se agentes operacionais da Agência Brasileira de Inteligência os servidores e os empregados públicos vinculados àquela Agência.
Art. 4º Fica revogado o § 2º-A do art. 16 do Decreto nº 5.123, de 2004.
Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, de de 2019; 198º da Independência e 131º da República.
JAIR MESSIAS BOLSONARO
SÉRGIO MORO
FERNANDO AZEVEDO E SILVA
Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka Jaíba
Conectado com à BONEKA

0 comentários:

Soldados da Polícia Militar se casam e quebram preconceitos no Vale do Jequitinhonha

15 de janeiro de 2019
Aconteceu no Vale
Victor e Wilker estudavam Engenharia Hídrica em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, quando se apaixonaram. Com o fim da graduação, os dois jovens baianos decidiram estudar juntos para o concurso público da Polícia Militar de Minas Gerais e acabaram sendo colegas de sala de aula, dessa vez na escola de preparação Escola Estadual de Formação de Soldados.
Formaram-se juntos em 2016 e conseguiram ser destacados para a mesma cidade, Itaobim, no Vale do Jequitinhonha. Tanto nos tempos de faculdade quanto no trabalho junto à Polícia Militar, os dois procuraram manter uma discrição sobre o relacionamento. Mas, em Dezembro do ano passado, decidiram mostrar ao mundo a história de amor que os unia: Victor Morais, de 26 anos, e Wilker Figueiredo, de 27 anos, se casaram no cartório e fizeram uma festa para celebrar junto aos amigos.
Agora, a história de amor compartilhada pelos dois durante cinco anos não é mais segredo para ninguém na cidade 21 mil habitantes em que moram. “Quando nos mudamos para Itaobim, não falávamos sobre o assunto, não postávamos nada em redes sociais. Mas agora que nos casamos e postamos foto, agora toda a cidade ficou sabendo. Como esperado, houve muita fofoca, muitos comentários, mas não chegou nada negativo até nós”, conta Victor.
Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka Jaíba
Conectado com à BONEKA

0 comentários:

A SAÚDE DE JAÍBA CAI NA "ARAPUCA" DE DECISÃO DO PREFEITO.

13 de janeiro 2019.
Clínica Especializada do município, situada próximo ao hospital de Jaíba na Rua Joaquim Garcia Ladeia - Centro Comunitário, deixou de atender Paciente para realização de Eletrocardiograma porque a energia foi cortada.
Prefeito da Cidade aprovou o aumentou do CIP ( Custeio de Iluminação Pública) e está com sua administração passando pelo mesmo que os consumidores Jaibenses, após período de vencimento da energia.
Que tipo de Administração Pública é esta?
Onde fica o atendimento do Paciente?
Em anexo temos áudios gravados dessa situação e informações prestadas.
Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka Jaíba
Conectado com à BONEKA

0 comentários:

Réveillon Absoluto 2018/2019









































































































0 comentários: