Design de Produção Boneka Jaíba

Golpe que promete auxílio de R$ 130 faz mais de 35 mil vítimas em 24h.

 



Roubo de dados

Link para cadastro em um suposto programa de "renda familiar mensal" em prefeitura vem circulando no WhatsApp. Empresa de cibersegurança identificou tentativa de roubo dados pessoais


Caroline Freitas


Publicado em 22/01/2021


  Mensagem de WhatsApp promete auxílio em programa renda mensal de prefeitura.


Em meio à crise provocada pelo novo coronavírus e a incerteza sobre uma nova versão do auxílio emergencial, criminosos estão se aproveitando da situação para aplicar golpes em famílias que enfrentam dificuldades financeiras. Em uma mensagem que tem circulado com alta viralização no WhatsApp, golpistas enviam um link para inscrição em um suposto programa de renda mínima municipal que pagaria R$ 130 por mês.


Sem dizer o nome da cidade, o texto dia que a "Prefeitura Municipal abriu inscrições para o Programa Renda Mensal Familiar 2021, e que as famílias cadastradas receberão um auxílio de R$ 130 por mês". Para que o cadastro seja realizado, é preciso clicar em um link do suposto programa e preencher algumas informações pessoais.

A mensagem, que chega como uma esperança para quem está sem renda neste momento difícil, trata-se, além de uma notícia falsa, de mais um esquema para roubo de dados pessoais. O golpe, apenas um período de 24 horas, fez mais de 35 mil vítimas no Brasil, segundo análise do dfndr lab, o laboratório de cibersegurança da PSafe.


“A página se trata de um phishing (esquema para roubo de dados pessoais e financeiros) que solicita informações de logradouro e simula uma inscrição em um programa de benefícios do governo", esclareceu o laboratório após análise da mensagem a pedido de A Gazeta. Nos últimos dias, vários leitores encaminharam o link para checagem da reportagem.

Segundo os analistas de cibersegurança, esse golpe acabou se potencializando pela fato de que, após o preenchimento dos dados, os cibercriminosos solicitam o compartilhamento do link malicioso para liberação do suposto benefício.

 O diretor do dfndr lab, Emilio Simoni, explicou que, para convencer a vítima sobre a veracidade do golpe, os criminosos chegam a simular falsos comentários.


Respost: Blog Boneka Jaíba 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes