Design de Hugo Ramos

POLICIA CIVIL PRENDE EM BOM JESUS DE PORTEIRINHA HOMEM ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE ENTEADAS DE 7 E 13 ANOS.

 


Texto: ASCOM 11 Delegacia Regional de Polícia Civil de Janauba (foto equipe da civil responsável pela prisão).


A Polícia Civil de Minas Gerais, cumpriu na manhã de hoje (23/02/2021), no povoado de Bom Jesus, Zona Rural de Porteirinha, mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de um homem suspeito de cometer estupro de vulnerável.


O crime foi denunciado pelo pai das vítimas que procurou uma unidade policial para registrar o Boletim de ocorrência, relatando que uma das filhas teria procurado abrigo em sua residência alegando não suportar a convivência com o padrasto, devido aos abusos que sofria. As diligências efetuadas pela equipe de Policiais da Delegacia de Polícia de Porteirinha apontam que o investigado, 46 anos, era companheiro da genitora das vítimas, uma adolescente de 13 anos e uma criança de apenas 07. Os quatro integrantes da família dividiam a mesma residência, proximidade essa que teria facilitado a prática dos abusos sexuais contra ambas às enteadas. Segundo as investigações, a adolescente vinha sendo violentada pelo padrasto desde os 07 anos, sendo que este, em algumas oportunidades, a teria “procurado no quarto”, quando os demais residentes dormiam, e praticado os atos abjetos.


O exame de corpo de delito, realizado pelo Médico Legista na adolescente, comprovou a conjunção carnal alegada (com rompimento de hímem). A vítima esclareceu que o estupro era recorrente e que também teria passado a sofrer ameaças de morte por parte do investigado, que as “amedrontava”, dizendo que “… caso falasse para alguém o que estava ocorrendo, a mataria, bem como a mãe, pai e irmã…”.

Relativamente à outra infante, de 07 anos de idade, não houve conjunção carnal, contudo, os elementos até então amealhados indicam que ela também sofria a prática de atos libidinosos diversos.


Diante da gravidade os fatos, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do suspeito, o qual foi detido e após os procedimentos pertinentes, encaminhado ao Departamento Penitenciário, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.


Os trabalhos de investigação continuam para averiguar qual teria sido o envolvimento da genitora das vítimas no crime.

Essa prisão é mais uma resposta dada pela PCMG à população local, com o compromisso perene de garantir a salvaguarda de direitos de crianças e adolescentes vítimas de qualquer tipo de violência.


Equipe:

Delegada: Wendy Martins Moreira

Investigadores: Anderson Alves Santos, Gabriel Vinícius Amaral Melo e Marlon Eustáquio Mendes Pereira.

Escrivães: Desirré Marques e Denner Silva (“ad hoc”)

Coordenação: Jurandir Rodrigues César Filho (Chefe de Departamento) e Márcia Miguel Meira e Santos (Delegada Regional).


Fonte: Polícia Civil 


Jornalista Sueli Teixeira 

Blog Boneka Jaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes