...

FALTA DE CONCORRÊNCIA NA AREIA PARA CONSTRUÇÃO EM JAÍBA, CONSUMIDORES SOFREM ALTOS CUSTOS NO PRODUTO.



Por Sueli Teixeira.

*Empresa de grande porte em Jaíba pode ser a causa desse aumento*


Falta de areia no mercado aumenta valores do produto na entrega dos consumidores, e em Jaíba está relacionado à falta de concorrência.


Em nossa coluna social, pessoas relatam que o produto da areia para construção é um dos itens mais caro da obra. Questionado isso, fizemos um levantamento dos preços em Jaíba, chegando um caminhão à custar aproximadamente R$ 1.500,00.


Em uma empresa "A", 1 metro da areia equivale à R$ 95,00 e empresa "B", 1 metro da areia equivale à R$ 100,00 em empresa "C" R$ 85,00.


Diante disso, foi descoberto que a empresa W.J. Ribeiro Comércio de Produtos Alimentícios LTDA,  há mais de 15 anos de Jaíba nesse setor, está parada quase 1 ano de distribuição de areia por ordem judicial, inclusive alegando por invasão de território em 2019, estranhamente essa hipótese apresentada pela autoridade, de acordo as documentações do empresário.


A maior área de composição da areia para construção fica localizada em Mocambinho no Projeto Jaíba.


Em entrevista com advogado da empresa W.J. Ribeiro, recorreram da decisão judicial e em breve voltará a entregar a areia com preço justo.


Em depoimento de caminhoneiro que fazia entregas de areia para essa empresa W.J.Ribeiro, várias instituições e ONGs receberam doações desses Produtos doadas pelo empresário.


No momento em Jaíba, os preços estão altíssimos por não ter concorrência na oferta.


Empresa de grande porte pode está envolvida com esse tipo de denúncia, em breve mais informações.


Jornalista Sueli Teixeira

 Blog Boneka Jaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes