DESPEDIDA É A PIOR DOR QUE O SER HUMANO VIVE, DIZ ESPOSO QUE PERDEU A ESPOSA PARA O CÂNCER DO PROJETO JAÍBA NO HOSPITAL DE MURIAÉ MG.

Foto de Marília e o médico Dr. Wilson.

Por Sueli Teixeira.

*Mesmo com muita dor, meu eterno agradecimento ao Dr. Wilson Batista que fez de tudo para salvá-la!*

Em apenas 5 meses, essa doença maldita do câncer  tirou a vida da minha esposa.

Fiquei sem chão, por ser tão rápido, um acontecimento tão cruel. Mais o que me conforta, é que ela está ao lado de Deus, sem sofrimento e sem dor. Afirma José Carlos!

LUTO POR MARÍLIA!

Em nossa coluna social, José Carlos Jersse Cunha relata que, sua esposa Marília  Jersse Cunha, 39 anos, morreu nesta quarta-feira(22), relacionado ao câncer de pâncreas em um período de 5 meses, após descoberta da doença.

Eles residem em Guanambi-BA, mas passavam maior parte de suas vidas no Projeto Jaíba, e tem uma filha de 09 meses.

Segundo o esposo, ela era determinada, batalhadora e guerreira e venceria essa fase ruim, mais infelizmente isso não aconteceu. Ela veio à óbito.

José Carlos, pede uma atenção especial para fazer um agradecimento ao médico Dr. Wilson Batista, por ter tido comprometimento em fazer o possível para salvá-la dessa doença, com tratamentos e cirurgias, agradece ao Ju Gorutubano que acompanhou-os desde o início dessa batalha, aos familiares e amigos que rezaram, oraram e lutaram comigo pela vida dela.

Em entrevista com Dr. Wilson Batista, médico que atende Jaíba por mais de 15 anos, ele disse que, o câncer da Marília no pâncreas era muito delicado, realizaram cirurgias por mais de 10 horas, conteve hemorragias internas, mas infelizmente não obteve êxito. Prestam as condolências à família enlutada.

Foto em anexo de Marília(in memoriam) e o médico Dr. Wilson Batista.

Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka Jaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes