FILHA PERDE A MÃE PARA O CORONAVÍRUS, ESTÁ COM SUSPEITA DA CONTAMINAÇÃO E EM DESESPERO QUEBRA HOSPITAL, CULPA MÉDICOS E É DETIDA PELA POLÍCIA MILITAR EM SANTA RITA DE CÁSSIA - BAHIA.



https://youtu.be/kD92aHP24Xs


Por Sueli Teixeira.

No final da tarde de quinta-feira(04), Hermira Batista da Rocha, 77 anos, morreu de Covid-19 no hospital de Santa Rita de Cássia, ela é moradora de Mansidão-BA.

O secretário de saúde Valdinar Alves de Mansidão, divulgou no último boletim epidemiológico confirmando um total de 20 casos na data 05 de Junho 2020, sendo 02 pacientes testados por testes rápidos nesta data.

Filha da vítima diz:
"Se depender de mim, o nome da minha mãe não será esquecido, eu comecei a fazer um bagaço em Santa Rita de Cássia e vou terminar em Mansidão", afirma.

Diante disso, a filha antes da morte da mãe também estava em quarentena por suspeita da contaminação do COVID-19, após isso, segundo informações recebidas em nossa coluna social, ela entrou em desespero, cuspiu em médico, quebrou computadores na unidade hospitalar de Santa Rita de Cássia e causou medo aos pacientes pela ação.

A polícia militar da cidade  foi acionada, e a autora foi detida em flagrante.

Segundo informações, a autora causou todos os danos, porque queria transferir a mãe para o hospital de Brasília(DF), e os médicos afirmava que sua mãe estava bem e morreu em menos de 72 horas de Covid-19.

Segundo o IBGE, a cidade de Mansidão chega há 12.700 habitantes.

Nossa coluna tentou contato  no hospital de Santa Rita de Cássia, mais sem sucesso.

Jornalista Sueli Teixeira 
Blog Boneka Jaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes