Design de Hugo Ramos

VEREADOR DE SERRANÓPOLIS DE MINAS É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL DE PORTEIRINHA POR TENTATIVA DE FEMINICÍDIO E OUTROS CRIMES CONTRA SUA EX- MULHER 

Por Sueli Teixeira 

 Exclusivo 

Vereador Advar do Senharol
















                 Vítima com marcas da corda no pescoço 

Imagens exclusivas da prisão preventiva do Vereador 





 *Delegado André Brandão e equipe de inteligência da Polícia Civil de Porteirinha prende o vereador com uma espécie de R$ 10.000,00 que provavelmente seria para a fuga*

Os primeiros crimes cometidos pelo Vereador Adva Avelino da Silva "Advar do Senharol" do partido PSD do município do Serranópolis de Minas Gerais, foi iniciado numa terça-feira, no dia 21 de Setembro de 2021, dentro da residência da sua ex-mulher na zona rural.

"Com a reconstituição do crime relatado pela vítima J.A.S.N, ela teria sido amarrada com uma corda no pescoço em um pau de madeira no quintal da residência na comunidade Senharol, zona rural de Serranópolis de Minas, e com o uso de sua força conseguiu soltar-se, e mesmo assim foi arrastada por uma distância de 20 metros pelo vereador no quintal, chegando a ter vários lesões corporais. Ela conseguiu fugir do local e pediu socorros". 

*Ele tentou me matar enforcada, diz vítima!* 

A vítima ligou para seu advogado de defesa Fábio Silva Nunes para socorrê-la, senão seria morta pelo seu ex-marido, afirma à vítima! 

Ao Advogado de defesa receber às imagens de sua cliente, percebeu à gravidade dos fatos e acionou o Senhor Delegado de plantão André Brandão que solicitou imediatamente a prisão preventiva do Vereador Advar do Senharol. 

De acordo o Advogado Fábio Nunes de defesa da vítima, além de tentativa de feminicídio, sua cliente estava sendo mantida em uma cárcere privado, sofreu ameaças, torturas e ainda expôs uma criança de 3 anos à exposição de uma arma de fogo do autor. Salientando que, a pensão alimentícia em atrasos chegam há um valor aproximado de R$ 7.000,00( sete mil reais). 

O casal tem 3 filhos de 21, 14 e 3 anos de idade. 

A polícia civil investiga se o filho de 21 anos, possa ter participação na tentativa de fuga do vereador Advar que estava escondido na comunidade do Paraguai, onde este seu filho morava. 

Antes da separação, somente os filhos de 14 anos e um de 3 anos viviam com o casal. Ainda em depoimento exclusivo da vítima, o vereador e pai da filha de 14 anos é suspeito de estupro de vulnerável em desfavor da própria filha. 

A prisão teve êxito com os serviços de inteligência da Polícia Civil de Porteirinha no comando do Delegado André Brandão, e vereador foi preso às 19 horas desta terça-feira, 28 de Setembro de 2021 na comunidade do Paraguai, zona rural de Porteirinha MG. 

A vítima em processo de separação, ganhou a casa no Fórum Tiradentes, Rua Doutor Ailson Mendes Brito Binha, 365, Renascença, PORTEIRINHA. O vereador não tem prerrogativa de foro e foi encaminhado para o presídio da cidade de Porteirinha, onde estará à disposição da Justiça.

Até o fechamento desta matéria, não conseguimos falar com o advogado Fabiano Viana Pinheiro do Vereador Advar Avelino da Silva, advogado responsável pela Câmara Municipal de Serranópolis de Minas, a matéria encontra-se em aberta para direitos de respostas. 

 Jornalista Sueli Teixeira 

 Site Boneka Jaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes