Design de Hugo Ramos

POLÍCIA CIVIL E POLÍCIA MILITAR PRENDE EM VERDELÂNDIA A PRINCIPAL SUSPEITA DE TER COMETIDO O CRIME DE ENVENENAMENTO EM JAÍBA

 POR SUELI TEIXEIRA 

*A suspeita é Técnica de enfermagem e prestava serviços para o Hospital de Janaúba, informações exclusivas.*


Suspeita principal Flávia Daise Soares




Policiais Civis e militares 


Imagens exclusivas

Imagens exclusivas- Sueli Teixeira 

Imagens exclusivas  - Sueli Teixeira 


Imagens exclusivas- Sueli Teixeira 


A Polícia Civil de Minas Gerais com apoio da Polícia Militar cumpriu na noite desta sexta-feira, 24 de setembro de 2021, Mandado de Prisão Preventiva expedido em desfavor de uma mulher, 39 anos, suspeita envenenar cinco pessoas e um cachorro, na cidade de Jaíba, na região Norte do estado.

As vítimas sentiram os sintomas depois de consumirem bombons entregues por um taxista. Um cachorro que comeu um pedaço do chocolate morreu logo após consumi-lo. Dentre as vítimas estão um casal de noivos, com idade de 27 e 35 anos, e ainda, dois parentes deles, 25 e 54 anos de idade e, uma criança de 2 anos. Os noivos iriam se casar neste fim de semana. A PCMG apurou que um taxista, usando um veículo, cor prata, havia deixado uma encomenda para a noiva. A caixa continha taças e bombons, adornados como um presente. Os noivos e familiares consumiram os bombons e deram pedaços para o cachorro da casa, o animal caiu ao chão se debatendo, babando, logo em seguida morreu. Imediatamente, todos sentiram um mal-estar também. 

De acordo com o Delegado Marconi Vieira, após entrevistas com as vítimas e familiares eles alegaram que suspeitavam da ex-companheira do noivo, a qual não aceitou o fim do seu casamento e muito menos o novo enlace do ex-companheiro. 

Com diligências pontuais foram colhidos elementos probatórios como, material fotográfico, imagens de câmeras de vídeo monitoramento, material humano e vísceras do animal, para o fim de formalização da prova técnico-científica. Paralelamente, foram realizadas entrevistas com testemunhas do fato, que apontaram com segurança a autoria do crime de tentativa de homicídio. 

O Delegado de Polícia Marconi Vieira a representou pelo Mandado de Prisão Preventiva da suspeita, assim como pela ordem de busca e apreensão em sua residência, "a mulher foi encontrada em sua casa onde foi cumprido o Mandado de Prisão e Busca e Apreensão, em desfavor dela" explicou. 

As vítimas permanecem internadas e o animal veio a óbito no dia dos fatos. Todos foram socorridos ao Hospital em Jaíba. A suspeita encontra-se no sistema prisional à disposição da Justiça. 

O Inquérito Policial instaurado segue em andamento. Equipe Nesta operação foram utilizadas três viaturas, uma da Polícia Civil e duas da Polícia Militar. Participaram da operação nove policiais civis e doze policiais militares. 

 Esta ação é mais uma resposta rápida dos Policiais Civis da 21ª DPC de Jaíba e da Policia Militar no combate à criminalidade, reforçando o compromisso de reprimir toda e qualquer conduta delituosa contra a vida das pessoas. 


 Coordenação: Delegado Titular: Marconi Vieira Rocha Capitão Marcos Vinícius Pereira de Jesus Tenente José Alves Martins Filho Chefe de departamento: Jurandir Rodrigues César Filho Delegada Regional: Márcia Miguel Meira 

 EQUIPE DE POLICIAIS CIVIS: 
 Investigadores Alexandre W. P. Silva, Gealisson T. Alves Barbosa , Farley Viana de Araújo e Antônio Benedito Escrivães Francielle Barbosa Santos, Daiane R. Almeida Aragão e Edgard Cardoso Junior Perito Vanderlindo Francisco dos Santos 

 EQUIPE DE POLICIAIS MILITARES 
SGT Bruno Sampaio SGT Saulo Deymisson da Cruz Santos Borborema CB Danylo Eduardo Costa Ferreira SD Cássia Moraes Balieiro SD Lucas Roberllone Brito Silva INTELIGÊNCIA - 51 BPM 1 Ten D.P.A 2 Sgt D.M.F Cb W.P.MS Cb E.A.C Sd G.Q.R

FONTE: POLÍCIA CIVIL 

JORNALISTA SUELI TEIXEIRA 
SITE BONEKA JAÍBA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes