CASO DE POLÍCIA - GRUPO DE WATSHAPP COM A LOGO DO MUNICÍPIO DE JAÍBA COM O NOME "SERVIDORES DA PREFEITURA" É USADO CONTRA EMPRESÁRIO ALEX E EX-PREFEITO JIMMY MURÇA.


Por Sueli Teixeira.

Pela segunda vez, o grupo de Watshapp com a logo oficial da prefeitura de Jaíba  com o nome "servidores da prefeitura", faz duas vítimas de notícias falsas em redes sociais.

O primeiro fato ocorreu com  Matsuzalen Alex de Souza Teixeira, quando supostamente foi acusado pelo fisioterapeuta Hernany Rafhael Alves afirmando que seu irmão "médico" que atende no NH2 - Projeto Jaíba, não tinha CRM para exercer a função. Outro relato que Hernane afirma em suas descrições nesse grupo, é que Alex não estava deixando-o trabalhar e seria ameaçado de morte.
Diante disso, Alex mostra todas as documentações da clínica médica com os alvarás para funcionamento com as taxas pagas, diferente do atuante fisioterapeuta que atuou em suas funções por 10 anos, sem pagar nenhum imposto para com os trabalhos.

E ainda questiona, como e porque o trabalho do fisioterapeuta, nunca foi recolhido da secretaria de Fazenda do município de Jaíba?

Ainda segundo Alex, exige uma retratação desse grupo partindo da prefeitura municipal de Jaíba para demais providências, adiantando que os administradores responderá por aceitar isso no grupo, afirma Alex.

Já o segundo caso, foi com o Ex-prefeito Jimmy e pré candidato ao cargo, é vítima de notícias falsas em grupos de watts zap e Facebook. A autora das fakes News e servidora municipal foi identificada por " Maria Selma".

A vítima Jimmy Murça  procurou a polícia Civil da cidade de Jaiba e registrou REDs e manifestou interesse em representar criminalmente contra a autora.

Segundo a autoridade policial ouvida por esta repostagem, a Fake News é o maior desafio para justiça eleitoral no processo democrático, uma vez que ela induz as pessoas de bem ao erro.
Ainda completa que a lei 13.834/2019, veio para punir esta prática com penas que varia de 2 a 8 anos de prisão, podendo ser presa em flagrante uma vez que a prática não cabe fiança ao crime.

A polícia civil do estado de Minas Gerais está capacitada para apurar estas notícias falsas, uma vez que contam com a colaboração de delegacias especializadas em crimes cibernéticos, mesmo que o autor utilize de contas falsas os Famosos fakes.

Ao ouvir a vítima o Jimmy murça, diz que este processo são do ano de 2013 ao qual já foi absolvido em todos, mais, que devido a transferência da comarca de Manga para Jaíba, gerou outro número com a data do ano de 2020,  e que ele espera que a justiça seja feita para que sirva de lição, assim teremos uma disputa eleitoral justa e equilibrada.

A autora Maria Selma foi procurada pelos órgãos responsáveis e não quis manifestar.

Essa matéria está em aberta para direitos de respostas das partes envolvidas com contundência para tais.

Jornalista Sueli Teixeira
Blog Boneka Jaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Designed with by Way2themes | Distributed by Blogspot Themes